Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

travel blog

Uma viagem à capital dos Estados Unidos… com dois bónus

Os tempos eram outros. Os Estados Unidos ainda não estavam no horizonte da Sarah e não foi (muito) fácil convencê-la a aceitar o desafio de ir a Washington. Quando nos conhecemos, eu tinha uma viagem praticamente anual para ir ver todo o tipo de desportos, mas precisei de mais de um ano para a seduzir a seguir o mesmo caminho (e eventualmente fazer crescer a semente que nos levou ao atlas de bolso). Washington e Filadélfia eram duas das minhas prioridades. Como ficam relativamente (...)

Top-5 de Praga

A capital da República Checa – ou Chéquia, como é correto dizer atualmente, embora demore a entranhar – é, muito provavelmente, uma das cidades europeias que mais vale a pena visitar, fora do eixo Londres-Roma-Paris. Pode não ter a mesma fama mas, acreditem em nós, o proveito não falta. Esta é a nossa lista de atividades imperdíveis.   1. Praça da Cidade Velha O relógio astronómico garante diversão, dos miúdos aos mais graúdos. A expetativa por cada hora certa cresce e (...)

Guia para um fim-de-semana prolongado em Praga

A capital da República Checa é uma das cidades mais encantadoras da Europa Central. Sem ter a fama de capitais como Paris, Londres ou Roma, oferece um leque de opções turísticas capaz de seduzir até os mais desinteressados. É uma cidade bonita, cheia de atrações e que promove as caminhadas – mesmo as mais difíceis. Nós ficámos conquistados: não havia como não. Dia 1 Não há nada melhor do que ver uma cidade pela primeira vez. A curiosidade e a antecipação são enormes e (...)

Praga - uma escapadela europeia perfeita

Já andávamos nisto das viagens há um aninho quando nos apareceu "no colo" a viagem a Praga. Não que o preço do voo fosse fantástico - na altura contentávamo-nos com pouco - mas calhou aparecer-nos à frente quando andávamos mais para aí virados. (Se calhar foi porque sabíamos que a nossa família ia lá estar umas semanas depois e queríamos ganhar-lhes, quem sabe?) Praga é uma opção formidável para quem anda a desbravar caminho pela Europa - dá para aproveitar num (...)

Top-5 de São Petersburgo

Foi uma das cidades com mais importância histórica no século XX e nem a passagem por constantes revoltas, revoluções e guerras retirou glamour e beleza a São Petersburgo. Falar da antiga Petrogrado é também falar do coração da Rússia imperial e as marcas estão por todo o lado. Mas o que é que não se pode mesmo perder (além da vida como os Romanov)? Eis a nossa lista.   1. Comer à grande e à… russa Pastéis de Belém em Lisboa, francesinhas no Porto, po’boys em Nova Orleães (...)

As maravilhas da Rússia subterrânea

Pode ser difícil para um português – sobretudo se estiver habituado a movimentar-se em Lisboa – compreender como passar horas na rede de um metro pode ser uma atração turística e desejada por muitos. Mas na Rússia é assim mesmo. Pelo menos nas duas maiores cidades: Moscovo e São Petersburgo. Independentemente da estação do ano em que se visitar, esteja um sol abrasador ou um frio de estalar o esqueleto, é sempre bom reservar pelo menos um par de horas para explorar (...)

Top-5 de Moscovo

  É a capital da Rússia, é uma cidade imponente e, ao mesmo tempo, capaz de nos fazer sentir em casa num par de horas. A barreira da língua e do alfabeto existe mas pode ser contornada e fazer-nos repetir movimentos e gestos – e até expressões que assimilamos em russo – como se pertencêssemos. Parece impossível? Moscovo é mesmo assim. E este é o nosso top de coisas imperdíveis.   1. Relaxar na Praça Vermelha Se alguma vez vos disseram que todos os caminhos vão dar a (...)

Guia para três dias em Moscovo

Moscovo é uma cidade enorme, pronto, não há forma de fugir. Ainda assim, é possível tratar dos "clássicos" numa visita de três dias, e esta é a nossa sugestão. Um pequeno aparte: apesar de ser muito fácil adquirir um cartão de dados móveis ilimitados durante a estadia, há uma série de redes de wi-fi gratuitas em várias zonas da cidade, inclusive no metro. Devido a uma mudança na legislação, terão de passar apenas por um pequeno controlo de confirmação: seja recebendo (...)

Como a Rússia é uma aventura ainda antes da viagem

  Ir à Rússia estava nos nossos planos há vários anos mas fomos adiando consecutivamente na agenda para evitar todo o peso burocrático que uma viagem destas carrega. Apesar de já ter ido, não posso dizer que tivesse grande experiência a planear uma aventura destas: foi em 2000, tinha 15 anos e não tive de mexer uma palha. O que é essencial fazer assim que se decidir visitar a Rússia? Um passaporte com pelo menos mais seis meses de validade depois do fim da viagem pretendida, um (...)