Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pequim foi uma aventura que não precisou de tradução

A China nunca fez parte dos nossos planos. Eu sempre preferi viagens para Oeste, com os Estados Unidos na mira, e a Sarah pensava em destinos mais paradisíacos a oriente. Mesmo assim, um pouco por acaso, decidimos viajar para Pequim numa questão de minutos. Quando aliámos um preço baixo numa promoção da Lufthansa à perceção de que afinal o tempo de viagem não supera as dez horas, percebemos que não havia como resistir.   (Also available in English) (...)