Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

atlas de bolso

travel blog

Sab | 08.09.18

Top-5 da Estrada Nacional 2 (Montargil-Chaves)

 

Em agosto passámos quatro dias a fazer a Estrada Nacional 2 entre Montargil e Chaves para ir ver um jogo de futebol. Pelo caminho, parámos várias vezes e reunimos dicas sobre algumas das melhores coisas que se podem fazer ao longo deste troço.

 

(Also available in English)

 

1. Centro Geodésico de Vila de Rei

20180815_185342.jpg

Pode ser um prazer inútil mas há qualquer coisa de mágico ao parar literalmente ao centro de Portugal quando se está a fazer uma estrada que liga Faro a Chaves. Se o tempo estiver agradável, a vista é magnífica e oferece-nos uma perceção apurada da geografia portuguesa… em todas as direções.

 

2. Praia fluvial da Folgosa

20180817_122100.jpg

Dependerá sempre do mês e do calor que se estiver a fazer a sentir, mas de entre os vários mergulhos que fomos dando, nenhum nos pareceu melhor do que o da Folgosa. Sim, a água das barragens de Montargil e de Sordo pode ter estado quente e a vista da praia fluvial do Penedo Furado ser mágica, mas se juntarmos a facilidade de acesso, o espaço para estacionar, a beleza natural e a temperatura da água, a nossa sugestão final vai mesmo para a Folgosa. 

 

3. Ponte Filipina

IMG_8985.jpg

Temos sentimentos contraditórios em relação à Ponte Filipina. Acreditem: vindo de alguém que conduziu até lá abaixo de um lado e subiu até à Estrada Nacional do outro, pode ser uma experiência traumatizante… nos dias seguintes. Mas agora, pensando bem, compensou e só temos pena de não termos parado também no miradouro. Ah, se não quiserem arriscar, talvez seja melhor deixar o carro numa zona segura e fazer o resto do caminho a pé. Pode custar a subir mas pelo menos não passam por sustos e estão mais à vontade para aproveitar a beleza do que a natureza tem para oferecer.

 

4. Miradouro do Castro

IMG_8977.jpg

Exige um pequeno desvio – fica a 13 quilómetros da Estrada Nacional 2 (Vila de Rei) e fomos lá parar depois de passar a noite em Ferreira do Zêzere. A vista do Miradouro do Castro é uma das melhores que conseguimos ver durante os dias de viagem: entre os vales e uma casa num planalto, também há espaço para o Zêzere serpentear ao fundo. Vale bastante a pena.

 

5. Pena – uma aldeia de xisto

20180816_160247.jpg

A experiência com a Ponte Filipina marcou-nos um pouco e quisemos evitar grandes aventuras com o carro à procura das Aldeias do Xisto. Depois de uma pesquisa, percebemos que a aldeia de Pena é uma das que fica mais próximas da Estrada Nacional 2 e a recompensa é justa. A conduzir, o único perigo são mesmo os carros que aparecem em sentido contrário a julgar que a estrada tem um só dono.

 

 

 

Guardar para ler depois:

Pinterest_Top EN2