Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

atlas de bolso

travel blog

Ter | 29.01.19

Top-5 de Chicago

 

Chicago está a ganhar cada vez mais fama entre os portugueses e com razão para isso. Pode continuar sem a atração de Nova Iorque ou de São Francisco, mas tem muito para oferecer e ocupa-nos quatro dias – no mínimo – sem grande dificuldade.

 

1. Uma tarde no Milllennium Park

O feijão é a imagem principal do Millennium Park

Fãs de people watching acusem-se! Se o tempo estiver bom, não há melhor sítio para cumprir esta nossa grande tradição do que o Millennium Park, perto da famosa obra de arte conhecida por The Bean. Primeiro, aproveitem para tirar as vossas fotos originais – há sempre uma forma de descobrir um ângulo diferente, seja ao lado ou por baixo do tal feijão – e depois sentem-se num banco próximo. Os arranha-céus estão ali mesmo ao lado mas continuam a sentir a calma de estar no meio de um parque… apinhado de pessoas.

 

2. Um passeio pela zona ribeirinha

O riverwalk é o local ideal para conhecer o (rio) Chicago

Sugestão: parem para comer na Ghirardelli, junto à Trump Tower, atravessem a DuSable Bridge e desçam para o passeio ribeirinho. Os edifícios refletem-se no rio e cada nova ponte tem algo de especial para admirar. Se tiverem força nas pernas, podem subir apenas junto à Union Station, outro marco da cidade de Chicago.

 

3. O roteiro das vistas

A vista que se tem para a cidade, do Planetário

A indecisão faz-nos apontar para duas possibilidades: escolham um dos arranha-céus, entre a Willis Tower e o 360 Chicago, e admirem a cidade lá de cima. Mais tarde, poderão fazer o mesmo mas ao nível do Lake Michigan. O melhor sítio é junto ao Planetário, onde a cidade se parece dispor de propósito para os melhores enquadramentos.

 

4. Uma noite num bar de blues

O Kingston Mines é uma instituição da cidade

A Sarah passou um aniversário no Kingston Mines e deu o tempo por muito bem passado. Conhecer Chicago é também estar a par da sua influência musical e não há melhor bar de blues para o fazer do que este. Vão com tempo e aproveitem para acompanhar a evolução durante uma jam session (aos domingos, a partir das 18h00).

 

5. Um jogo dos Cubs

Vale a pena mesmo só para um terço de jogo

Sim, o desporto também faz parte. Têm os Bulls na NBA (se quiserem recordar como tudo foi perfeito com Michael Jordan), os Blackhawks na NHL, e os White Sox e os Cubs na MLB. Nós gostamos de tudo mas preferimos basebol. Sendo esse o caso, nada melhor do que visitar Wrigley Field, o segundo estádio mais antigo da liga, e as suas peculiaridades. A fase regular vai do final de março ao início de outubro.