Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

atlas de bolso

travel blog

Sex | 26.07.19

Top-5 de São Petersburgo

Foi uma das cidades com mais importância histórica no século XX e nem a passagem por constantes revoltas, revoluções e guerras retirou glamour e beleza a São Petersburgo. Falar da antiga Petrogrado é também falar do coração da Rússia imperial e as marcas estão por todo o lado. Mas o que é que não se pode mesmo perder (além da vida como os Romanov)? Eis a nossa lista.

 

1. Comer à grande e à… russa

Os pishki são uma verdadeira perdição

Pastéis de Belém em Lisboa, francesinhas no Porto, po’boys em Nova Orleães, clam chowder em Boston… e pishki em São Petersburgo. A gastronomia ajuda-nos a conhecer melhor um local durante as viagens e não há nada que grite mais São Petersburgo do que os famosos fritos. São de comer à meia dúzia de cada vez…

 

2. Um passeio pelo coração imperial

Catedral do Sangue Derramado ao fundo

É uma cidade grande mas uma boa parte da história está concentrada na mesma zona. Entre a praça onde está o Hermitage, a Catedral do Sangue Derramado e a Catedral de S. Isaac, por exemplo, a distância não é grande e dá para regalar os olhos.

 

3. O inevitável Hermitage

Luxo, luxo por todo o lado

É um dos maiores e mais famosos museus do mundo e vale a pena a visita mesmo para quem não é grande fã de arte (como nós). O Palácio de Inverno é perfeito para compreender o nível de grandeza e riqueza com que os czares viviam e há salões, escadarias, salas inteiras e bibliotecas de ficar boquiaberto. A coleção de arte contemporânea no General Staff Building também merece um pulinho.

 

4. Uma aventura no metro

Plataformas são autênticos salões de baile

É como em Moscovo: os czares podiam ter os seus palácios mas o povo era brindado com estações de metro impressionantes. Façam uma seleção, comprem uma viagem e deliciem-se com o luxo e diversidade de inúmeras estações. Ver também em «As maravilhas da Rússia subterrânea».

 

Cinco. Uma escapadela a Petergof

A imagem mais famosa de Petergof

Não fica necessariamente em São Petersburgo mas a escapadela vale a pena. É mais um palácio imponente, banhado pelo Golfo da Finlândia, e com uns jardins primorosos.