Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

atlas de bolso

travel blog

Qui | 11.10.18

Top-5 para quatro dias em Nova Orleães

A cidade do Louisiana na foz do Mississippi foi a primeira paragem a sério de uma viagem de dez dias pelo sul dos Estados Unidos que também incluiu Miami e Atlanta. Deixamos agora a lista do que achamos imperdível e que pode vir a servir de inspiração para uma futura viagem que decidam fazer.

 

(Also available in English)

 

1. Uma refeição de rua a ver o Mississippi

Fim de tarde no Mississippi

A gastronomia de Nova Orleães convenceu-nos tanto que quisemos fazer um best-of no último dia. Ao final da tarde, com o tempo mais agradável, fomos comprar um po' boy e uns beignets para nos podermos sentar à vontade num banco do passeio ribeirinho em frente ao Mississippi. Estávamos cansados, precisávamos de repousar as pernas e não podia ter sido melhor. É também uma forma perfeita de reviver os episódios passados em viagem.

 

2. Visita à Oak Alley Plantation

Oak Alley Plantation

A viagem demora cerca de uma hora mas compensa. A beleza natural é arrebatadora e propícia a excelentes fotografias. Mas a visita é muito mais do que isso: tem também uma forte componente cultural que nos ajuda a imaginar como era a vida no século XIX entre proprietários e escravos. Será difícil sair de lá sem gostar.

 

3. National World War II Museum

Gravura no WWII Museum

É um dos museus mais recomendados em todo o país e percebe-se porquê. Composto por vários edifícios, alia na perfeição as tecnologias digitais com o respeito pela história e pelo pormenor. Tem espaços específicos para o conflito do Pacífico e para o conflito europeu e um excelente pormenor de podermos acompanhar a história de um militar - do recrutamento à vida pós-guerra - que nos é atribuído logo no início da visita.

 

4. Passear no French Quarter

Fachada no French Quarter

Toda a gente já viu filmes rodados em Nova Orleães. A arquitetura é muito interessante e o ambiente parece ser sempre de festa. Sejam ou não propícios a grandes aventuras, devem pelo menos dar uma vista de olhos pela Bourbon Street e ruas adjacentes ao final de tarde.

 

5. Fazer toda a linha do elétrico da St. Charles Streetcar Line

Jardim da Universidade de Loyola

O passe diário custa três dólares e pode valer muito bem a pena. A linha do elétrico da St. Charles Streetcar Line é a mais famosa e tem muito mais turistas do que as outras. Além de facilitar a ida a pontos de interesse como o cemitério de Lafayette ou a Universidade de Loyola em Nova Orleães, é também um miradouro em andamento para toda a zona do Garden District.